Gosto muito de fotografar as cenas e as pessoas que acho interessantes durante as caminhadas que faço. Nestas horas, o que importa não é o equipamento que se tem disponível, mas o congelar daquele instante. A partir do registro do momento, o que vale é tentar descobrir a mensagem que cada um deseja transmitir ao outro por meio de seus gestos, roupas, olhares e do local onde se encontravam. Esses registros são fascinantes para os apaixonados por semiótica. 

1/1

© 2016 by Mário Chrispim

  • Instagram Social Icon
  • Flickr Social Icon
  • Twitter Classic
  • Facebook Classic